Home / News & Events / News / Livro de Inventários da Catedral de Mariana (1749-1904), Brasil, re...
UNESCO
Livro de Inventários da Catedral de Mariana (1749-1904), Brasil, recebe título de Património da Humanidade

Um manuscrito histórico de Minas Gerais, Brasil, acaba de ser reconhecido como património da humanidade pela UNESCO. O Livro de inventários da Catedral de Mariana (1749-1904) foi aprovado no Programa Memória do Mundo da Unesco/Memory of the World (MoW) que certifica documentos, arquivos e bibliotecas de grande valor internacional, regional e nacional.

Para se tornar património da humanidade, o Livro de Inventários da Catedral de Mariana foi submetido ao Edital MoWBrasil 2018. Através desse edital, a UNESCO seleciona todos os anos documentos para a titulação. Junto à candidatura é enviado um projecto com a descrição do documento, a materialidade, grau de conservação, tipo de costura do livro, entre outros detalhes. Também completa a candidatura uma carta em que historiadores e investigadores de outras áreas atestam a importância daquele bem. No caso do Livro de Inventários da Catedral de Mariana, um dos apoios à candidatura foi dado por Filomena Gonçalves, professora com agregação em História da Língua Portuguesa e Historiografia Linguística e colaboradora da Cátedra UNESCO em Património Imaterial da Universidade de Évora.

Ver notícia completa

(originalmente publicada no portal Minas faz Ciência)

Published on 12 December 2018
Sponsors